sexta-feira, 2 de abril de 2010

Deus Ajuda a Porta que Cedo Madruga?

Espera na parada uma menina estranha ouvindo música, porque sempre tem uma dessas na cidade.
Ela acorda e estuda, almoça e estuda, janta (raras vezes) e estuda.
Estava chovendo e ela pensou: talvez hoje Deus me ajude. A semana estava péssima e tudo parecia que ia piorar: ela é afilhada da Lady Murphy.
Na parada, um menino bonito. OPA! Isso é sempre bom... mas ele fuma.
O fumo não incomoda, mas o cheiro invade as narinas dela e de repente tudo vem à tona.
Ela pensa bem alto consigo mesma: EU ODEIO O CHEIRO DE CIGARRO.
Mas ele não entrou no mesmo ônibus que ela.

No dia seguinte, ela gritou pro ônibus que passava na frente do prédio dela: NÃÃÃÃO, POR FAVOR, PÁRA!
Mas ele nunca parou e ela foi andando numa chuva levemente torrencial em direção à parada, lá: OUTRO MENINO BONITO.
Com um quê de anjinho. Ela até poderia ter escutado a voz dele se não estivesse com o volume dos fones tão altos.
"Se Deus me ajudar, ele entra no mesmo ônibus que eu"
O ônibus passou, mas ele não entrou.
Começou logo depois:
"You're a boomerang you see. You will return to me"
E ela pensou: Deus me ajudará?!

2 comentários:

Joan Jett disse...

É difícil mesmo, quando tu nasce porta só Jesus na causa D:
hsuahsuahsuahsua

"Levemente torrencial" foi ótimo hahaha
Mas então, ele voltou?
O fumante, o com quê de anjinho?

Cherie Currie disse...

OIASJOASIJASOIJSA não, nunca mais os vi ):